Uma vez que você tenha recebido suas duas cartas, há 19.600 possíveis flops que podem vir. Isso é muita coisa para acompanhar e saber quais estratégias podem ser aplicadas em cada situação. Para simplificar, analisa-se o flop comumente separando-os em quatro categorias diferentes: boardwet or dry” – seco ou molhado, carta alta ou carta baixa. Há outras formas, inclusive mais avançadas de se avaliar o board, contudo, manteremo-nos focados neste cenário.

UM FLOP PODE SER “wet or dry”  – SECO ou MOLHADO

Um flop seco é um board aonde as cartas representam pouca possibilidade de formação de straight (sequencia), flush, full-house, etc. Apresenta cartas de naipes diferentes e uma carta significativa apenas, por exemplo A ♥ 7 ♦ 2 ♣, é um board seco.

Um flop molhado é um board aonde as cartas representam grande possibilidade de formação dos jogos citados acima. Apresenta cartas de naipes iguais e várias cartas significativas, por exemplo J ♥ A ♥ T ♣, ou T ♦ Q ♦ K ♣, ou ainda 9 ♠ J ♠ T ♠ são boards molhados.

FLOP PODE SER DINÂMICO OU ESTÁTICO

Um flop dinâmico é aquele onde a mão vencedora provavelmente não está pronta ainda.

Em um flop estático, temos o oposto – este é um flop aonde há uma possibilidade boa de a mão que já está ganhando ser a vencedora. Isso é um pouco diferente das categorias “wet or dry“, porém mais prático.

Claro, há sobreposição nos conceitos. 9 ♥ 8 ♥ 7 ♠ é um flop muito molhado, e também é dinâmico. Um flop A ♣ 2 ♦ 7 ♠ é um flop muito seco, e também estático.

As duas ideias não são opostas nem complementares. Por exemplo, a maioria das pessoas consideraria 8 ♣ 3 ♦ 2 ♥ um flop relativamente seco, contudo podemos considerá-lo muito dinâmico. É seco, porque há pouco flush draw e straight draw. Mas é dinâmico porque a mão vencedora provavelmente ainda não está pronta, e ai entramos em outro conceito que é o conceito de ranges de mãos, que falaremos um pouco mais adiante.

Está Gostando do Artigo ? Assine nossa Newsletter, mantenha-se sempre atualizado e aumente seus lucros no Poker.

Receba notificações de cada nova publicação no seu e-mail, em primeira mão.

FLOP COM CARTA ALTA E COM CARTA BAIXA

Também devemos prestar muita atenção aos boards que contém apenas uma carta alta, o que abre a possibilidade de aplicarmos apostas por valor ou bluff em conjunto com estratégias avançadas, como Float e Reverse Float com 3-bets, 4-bets, etc., mas sempre respeitando muito as suas considerações sobre o range de mãos do seu oponente, sua posição na mesa e o histórico da mão no pre-flop.

Um flop que costuma gerar bastante ação é o famoso Ace-high, por exemplo A ♣ 2 ♦ 7 ♠. Neste flop o agressor inicial tende a representar possuir um A na mão, mesmo que não tenha, e o oponente tende a não acreditar ou a buscar melhorar sua mão, neste board busque sempre considerar as avaliações citadas no parágrafo anterior.

Em um board que traz cartas baixas, como por exemplo 8 ♣ 3 ♦ 2 ♥, o turn tem metade do baralho que pode vir como um overcard – carta maior que todas as que estão no board, o que potencialmente pode fazer uma nova mão vencedora. Quatro e cinco completarão sequências, e as cartas restantes (com a possível exceção de outros oito) deixam o board tão dinâmico, o river muda tudo.

Há poucas mãos feitas em um board 8 ♣ 3 ♦ 2 ♥. A menos que você tenha A-A, K-K, 8-8, etc., este flop também caracteriza muitos king-high contra jack ou queen-high e é justamente aqui aonde o melhor bluffer pode vencer a mão.

Podemos considerar um flop como K ♠ Q ♠ 3 ♦ mais estático do que 8 ♣ 3 ♦ 2 ♥, mesmo que o primeiro flop ofereça mais flush e straight draws. No primeiro flop, se você tem um K ou Q, você pode apostar por valor ou esperar uma aposta ou duas como bluff-catcher.

E AÍ, COMO AGIR ENTÃO?

Em geral, os flops dinâmicos aumentam o valor de estar em posição, enquanto os flops estáticos diminuem este valor. Esse fato afeta, entre outras coisas, a freqüência com a qual você deve aplicar a c-bet – continuation bet em um flop.

Em um board molhado ou muito dinâmico, você deve evitar a c-bet. Aliás, esta é uma situação onde muitos jogadores erram em c-bets e até over-bets, pois normalmente pensam: “Eu abri pre-flop, devo aplicar a c-bet para demonstrar força ou perderei a mão.” Não é bem assim, pois de acordo com o range de mãos do vilão, sua posição e a forma como joga, ele pode aplicar em você um bluff melhor que o seu utilizando Float e Reverse Float.

Vamos listar alguns flops e descrever a abordagem de possíveis c-bets.

K ♠ J ♦ 2 ♥
Este flop é bastante estático. Ou um K ou J, presumidamente sendo a melhor mão, tem grandes chances de permanecer melhor até o river. Estando fora de posição, devemos ter uma porcentagem de c-bet relativamente alta. Apostaremos qualquer K e J fortes como A-J. Também apostaremos mãos como A-Q e A-T e T-9 pela equidade.

8 ♣ 3 ♦ 2 ♥
Este flop, como mencionado acima, é dinâmico. Isso diminuirá a porcentagem de apostas de continuação bem abaixo de nossa média, estando fora de posição. Vamos apostar os sets (trincas) por valor e os A-4, A-5, 5-4, 6-4 e 6-5 por equidade. Apostamos alguns overpairs também. Podemos apostar A-8 e dar check com 9-8. A composição exata das apostas e checks dependerá muito do meu oponente. Contra adversários mais agressivos, podemos dar check mais vezes com mãos fortes e boa equidade semi-blefando (como 5-4) para que possamos ter uma faixa de check-raise ou check-call no flop / check-raise no turn. Contra oponentes menos agressivos, podemos colocar mais mãos fortes no range de c-bet.

A ♠ 9 ♠ 5 ♥
Um flop também bastante estático. O flush draw adiciona dinamismo, mas sempre que o ás do flush aparecer a bordo, limita o número de combos de flush disponíveis (contra adversários que jogam razoavelmente bem pre-flop). Você pode aplicar a c-bet mais deliberalmente neste board.

9 ♠ 8 ♠ 5 ♥
Este board é obviamente muito dinâmico e molhado, principalmente contra os blinds. Uma carta baixa como high card, juntamente com um grande número de draws abertos, isso significa que muito poucas mãos estariam prontas neste board. Este tipo de flop é uma tremenda má notícia para um jogador fora da posição, especialmente se estiverem deep stack (com muitas fichas), o hero e o villain. Você deve dar check em flops como estes com a maioria das suas mãos, mesmo com alguns overpairs.

Quando é recomendo dar check em flops dinâmicos ou molhados, certamente não significa que você deve apenas dar check-fold sempre, tenha em mente que você está dando check sempre por duas razões: Primeiro, quando você executa muita c-bet você fica suscetível a ficar levantado raises e shoves pois as combinações podem mudar significativamente no turn e no river. Isto pode levá-lo a muitos sic spots e seus amigos não vão gostar de ouvir bad beats. Então mantenha o pot menor nessas situações desfavoráveis.

Em segundo lugar, você da check com mais mãos para que a freqüência de bet-fold e check-fold possa diminuir – em outras palavras, você está dando check uma porcentagem maior de mãos que valem a pena continuar ou blefar. Então, depois de começar com um check, você deve defender mais mãos contra a aposta do flop de um oponente e assim balancear seu range.

* ESTUDE GTO (Game Theory Optimal) ou a Teoria do jogo “ideal”.

Gostou do Artigo ? Curta, Compartilhe, Espalhe o conhecimento.

E assine nossa Newsletter, mantenha-se sempre atualizado e aumente seus lucros no Poker.

Receba notificações de cada nova publicação no seu e-mail, em primeira mão.

Author: Setembrino Lusa

Engenheiro de Software e apaixonado pela arte e psicologia do Esporte da Mente, estudioso do poker, idealizador e criador do Eh Poker Blog.