Muito se ouve falar dos níves de pensamento no poker, mas eles realmente existem? ou são apenas resultado de uma estratégia bem elaborada, um misto de avaliação dos movimentos dos adversários em conjunto com o seu conhecimento de texturas de bordo e valores das apostas ?

No poker, mesmo que todo mundo esteja jogando numa mesma mesa, nem todos estão jogando o mesmo jogo. Alguns dos jogadores estão jogando um jogo de cartas, enquanto outros estão jogando um jogo de pessoas e tem os que nem sabe o que estão fazendo.

No poker, suas apostas contam uma história. Porém, para contar uma boa história, uma que seja convincente e que faça sentido, é necessário planejar, mesmo jogadores avançados ocasionalmente atiram uma aposta sem pensar se ela faz sentido ou não.

Para ser efetivo ao contar uma história, ou seja, para conseguir planejar com antecedência os diferentes resultados possíveis de uma jogada, é preciso uma boa quantidade de pensamento crítico e de habilidade.

Então vamos aos famosos Níveis de Pensamento:

Nível 0: Não sei nada
Jogadores iniciantes, principalmente os que jogam bêbados não têm noção nenhuma de o que estão fazendo. É comum encontrar pensadores de nível 0 em jogos de small stakes ou em seus homegames. Não se “inventa” nada contra estes jogadores, eles não têm ideia do que você está fazendo, muito menos entenderão a história que você quer contar. Contra eles, mantenha o jogo simples e quando tiver uma boa mão, aposte alto para extrair o maior valor possível.

Nível 1: O que eu tenho?
Jogadores principiantes, devem ser tratados da mesma forma que no nível 0. Tudo o que eles pensam é nas cartas que têm nas mãos, e não há nenhuma preocupação com posição na mesa e muito menos pensam nos adversários.
Contra jogadores de nível 1 não deve-se tentar muitos blefs. Um blefe para ter sucesso, deve ser executado contra um jogador que está disposto a considerar o que você tem nas mãos.

Nível 2: O que meu oponente tem?
A maior parte dos jogadores encontra-se neste nível. Este é o ponto em que um jogador “começa a pensar” sobre o que você pode estar segurando, e não apenas o que eles têm em sua própria mão. Aqui estão aqueles que já têm alguma experiência no poker, mas ainda não chegaram aos níveis mais altos. Eles já têm uma noção do range dos adversários, mas ainda não sabem como utilizar o conhecimento para jogar corretamente.

Está Gostando do Artigo ? Assine nossa Newsletter, mantenha-se sempre atualizado e aumente seus lucros no Poker.

Receba notificações de cada nova publicação no seu e-mail, em primeira mão.

Nível 3: O que meu oponente acha que eu tenho?
Neste nível o jogador já pensa sobre o que ele tem, o que você tem e o que você acha que ele tem. Jogadores do nível 3 tendem a virar lucrativo consistente nos níveis de micro stakes e são os jogadores que costumam fazer muitos movimentos de steal e continuation bet.

Nível 4: O que meu oponente pensa que eu penso que ele tem?
Neste nível de pensamento, os jogadores além de interpretarem o que você demonstra e pensa, fazem o inverso e interpretam também o que você pode ter avaliado sobre eles e utiliza isso, e age de forma a fazer acreditar, é um jogo de tendências e puramente empírico, que pode dar resultados incríveis se você tiver uma boa avaliação e consguir fazê-los errar mais.

Nível 5: O que meu oponente pensa que eu penso que ele pensa que eu tenho?
Jogar neste nível de pensamento é comprovadamente muito lucrativo, envolve fazer várias perguntas e obter respostas em sequência, como: “O que é que o vilão acha que eu imagino que ele pensa que eu tenho”. É o nível 4 elevado a um patamar mais complexo, você tem q avaliar posição, histórico de mãos entre você e os demais jogadores da mesa, valor das apostas, linguagem corporal, tels, como está sua imagem e considerar uma estratégia de validade de jogar cada mão com cada adversário.

Chegamos em algumas considerações, os níveis servem sim para denotar a capacidade de pensamento de jogadores de poker, contudo, todos tem ambasamento nas técnicas matemáticas, observação exaustiva de cada movimento de cada jogador e principalmente o mindset de cada jogador.

Vamos lá, as seguintes situações: jogar cansado; jogar bebendo; jogar com preocupações em mente: não prestar atenção na estrutura do torneio e no buy-in; e principalmente entrar em tilt; Todas essas situações prejudicam substancialmente seu jogo, fazem com que você esqueça inclusive da mais básica regra que você já aprendeu e te faz deixar de ganhar muito dinheiro.

Portanto, quando for jogar, lembre-se, mente tranquila e muita observação, utilize cada informação e cada técnica a seu favor. GL no Game.

Gostou do Artigo ? Curta, Compartilhe, Espalhe o conhecimento.

E assine nossa Newsletter, mantenha-se sempre atualizado e aumente seus lucros no Poker.

Receba notificações de cada nova publicação no seu e-mail, em primeira mão.

Author: Setembrino Lusa

Engenheiro de Software e apaixonado pela arte e psicologia do Esporte da Mente, estudioso do poker, idealizador e criador do Eh Poker Blog.